quarta-feira, 9 de abril de 2008

Mais um daqueles pensamentos profundos

Para descontrair do último post que é manifestamente demasiado sério para um blogue recheado de parvoíces, aqui vai:

"Porque é que o mil folhas não se chama duas resmas??"









Post Scriptum:
A resposta a este enigma da humanidade encontra-se aqui. Boa Gaija! És a máior!!!
.

7 comentários:

Spirit disse...

Mal posso esperar para que respondas a esta questão... LOL

Beijos,
Vanda

Patrícia disse...

Oh Vanda, isto era mais em jeito de pergunta retórica... Mas se entretanto construir alguma teoria logo a partilharei com o mundo. Para já só estou a imaginar o título: "Toda a verdade sobre os mil-folhas". Era uma boa dissertação para a Sara!!

Spirit disse...

Era pois! Sei que tanto tu como ela iriam conseguir construir algo muito interessante com esta questão :)

Não vou perder a esperança :)

Beijos
Vanda

disse...

Já agr tb fiquei com curiosidade...sobre o assunto.
Até porque só sei q é originário de frança...mais nada...
Venha a dissertação!!

Bjs

Alsaharazad disse...

Eu vou tentar pensar nisso. Normalmente às sextas à noite tenho sempre grandes ideias. Prometo tentar.

Agora outra coisa:

Pati: eu às vezes fico estupefacta a olhar para o teu blogue durante minutos minutos a pensar: "Mas onde é que esta alma vai desencantar estas coisas estupidas estupidas estupidas e sem nexo????" Mas eu gosto.

Beijos

Patrícia disse...

Sara, isso até a mim me acontece! Especialmente quando olho para a secção "Arrumado" e leio os títulos. Eu realmente não sei onde vou desencantar a maioria destas coisas. Por muito estranho que isto possa parecer, normalmente as coisas vêm até mim. Sou como um íman gigante que atrai parvoíces :-)Íman, não a outra coisa que também cola ao frigorífico... bdr bdr...

Ainda bem que gostas (tu e as minhas outras leitoras assíduas)! Beijo grande de bom fim de semana para todas!

Alsaharazad disse...

Já lá está...

http://alsahara.blogspot.com/2008/04/mil-folhas-de-milfolha-bolo-de-forma.html

Espero que gostem.
Beijos